Sábado, 10 de Dezembro de 2022
19°

Poucas nuvens

Cachoeiro de Itapemirim - ES

Economia Negócios

Cooperativa investe mais de R$ 6,8 milhões no turismo do Nordeste no 1º semestre

Após o fim das restrições mais severas provocadas pela pandemia do Covid-19, o setor de turismo vem se recuperando, especialmente na região Nordest...

28/09/2022 às 17h35
Por: Cidade na Rede Fonte: Agência Dino
Compartilhe:
Divulgação Central Sicredi N/NE
Divulgação Central Sicredi N/NE

Não há dúvidas de que o setor de turismo está aos poucos voltando ao normal após serem retiradas as restrições causadas pela pandemia da Covid-19, principalmente na região Nordeste. Através da oferta de linhas de crédito, instituições financeiras estão auxiliando o setor na retomada da economia.

Somente no primeiro semestre deste ano, o Sicredi já disponibilizou mais de R$ 6,8 milhões em crédito para o setor na região Nordeste, contemplando desde empresas de hospedagens, bares e restaurantes até transporte.

Entre os estados, a Paraíba lidera o número de investimentos, com mais de R$ 4,2 milhões investidos; em segundo aparece o Rio Grande do Norte, com R$ 1,1 milhões destinados ao setor. Em terceiro, o Ceará, com R$ 388 mil, seguido por Pernambuco com mais R$ 322 mil.

De acordo com o consultor de Negócios da Central Sicredi Norte/Nordeste, Marcos Barbosa, com a retomada da vida normal, pós-pandemia, a expectativa é que o setor volte a crescer e se desenvolver acompanhando todo potencial que a região tem para essa atividade, beneficiando desde o microempreendedor até as grandes empresas do turismo.

“O turismo é uma das vocações do Nordeste e hoje representa uma fonte de recursos muito importante para a região, desde a geração de emprego e renda, bem como de cidadania, por meio do acesso a lazer e bem-estar. Apoiamos diversos projetos ligados ao setor, concedendo crédito e fazendo o dinheiro girar na própria região”, afirma o executivo da Central Sicredi Norte/Nordeste.

Crescimento do turismo

No primeiro semestre de 2022, em todo o país, o setor cresceu 34% em relação ao mesmo período do ano passado, e o faturamento do segmento chegou a R$ 94 bilhões, segundo pesquisa da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomercio/SP), em parceria com o Ministério do Turismo.

Em relação aos próximos meses, a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) estima que até o final do ano o setor ainda deve ter uma alta de 5,1% em relação a 2021. A análise é feita com base no cruzamento de informações da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), considerando o potencial mensal de geração de receitas do setor.

Os números também mostram que, entre as regiões, o Nordeste se destaca no potencial de crescimento estando entre os sete destinos com maior procura pelos turistas e saindo na frente na recuperação do setor.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Cachoeiro de Itapemirim - ES Atualizado às 01h26 - Fonte: ClimaTempo
19°
Poucas nuvens

Mín. 18° Máx. 30°

Dom 33°C 19°C
Seg 33°C 21°C
Ter 30°C 21°C
Qua 28°C 20°C
Qui 26°C 21°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes